O controle de ponto com reconhecimento facial é uma boa escolha? Entenda

Tempo de leitura: 3 minutos

Mulher de negócios passando por controle de ponto

O controle de ponto é uma prática essencial para as empresas. Você sabia que a legislação trabalhista determina que todas as empresas com mais de 20 colaboradores deve manter esse registro? Além disso, mesmo quando existe a obrigatoriedade, essa prática é importante para o cumprimento das obrigações trabalhistas.

Isso acontece por um motivo simples — é por meio desse controle de acesso que a empresa conseguirá calcular corretamente as verbas devidas, como horas extras e adicional noturno, além de ter meios de comprovar judicialmente a jornada trabalhada, caso seja necessário.

Aqui, o uso do reconhecimento facial no controle de ponto é uma ótima alternativa. Quer descobrir o motivo? Então continue a leitura!

Quais são os tipos de controle de ponto?

A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) é responsável por regulamentar os assuntos sobre controle de ponto. Assim, ela determina que as empresas podem utilizar qualquer meio idôneo para fazer os registros, que pode ser manual, mecânico ou eletrônico. Você sabe a diferença entre eles? A gente explica nos próximos tópicos, confira!

Manual

Um sistema manual é feito com livros-ponto ou cartões que são preenchidos pelo trabalhador, indicando os horários de entrada e saída. Apesar do baixo custo, ele aumenta os riscos de problema nos registros e fraudes, como aquelas em que um colega pede para outro preencher o registro, a fim de evitar penalidades por atrasos.

Mecânico

Sabe aqueles relógios em que o empregado insere um cartão para registrar as entradas e saídas? Esse é o controle de ponto mecânico, também chamado de registro analógico. Mais prático e seguro que o manual, mas ainda com riscos de fraudes.

Eletrônico

Por fim, o eletrônico é feito por meio de softwares que contam com medidas de proteção para evitar a alteração dos dados registrados. Nesse caso, a inserção de informações sobre a hora de entrada pode ser validada com diversas ferramentas, como os cartões magnéticos, a biometria digital ou reconhecimento facial.

Como funciona o reconhecimento facial no controle de ponto?

O reconhecimento facial é um método bastante moderno para o controle de jornada, então é natural que surjam dúvidas sobre os benefícios que ele proporciona e se realmente vale a pena investir nessa prática.

O seu funcionamento é complexo, mas simples de entender — o sistema captura a imagem do empregado e verifica se ela corresponde aos registros em seu banco de dados. Ele pode avaliar até mil pontos da face e se o usuário é um organismo vivo, impedindo o uso de fotos, vídeos, máscaras e outros artifícios para burlar o registro.

Vantagens da biometria facial

Se você tem dúvidas sobre a adoção desse sistema, confira três grandes vantagens que ele proporciona e que podem revolucionar a sua empresa:

  • rapidez: a imagem é capturada e processada em segundos. Isso evita a formação de filas e agiliza os processos de entrada ou saída dos colaboradores;
  • contactless: a captura da imagem é feita sem a necessidade de contato do trabalhador com qualquer dispositivo. Depois da pandemia, essa prática se tornou ainda mais importante;
  • segurança: ele traz mais proteção para o processo devido às medidas de prevenção à fraude.

Como implementar a biometria facial no registro de ponto?

Depois de entender as regras sobre controle de ponto e os tipos existentes, deu para perceber que o reconhecimento facial traz diversos benefícios, não é? Nesse momento, provavelmente a dúvida é sobre como implementar essa estratégia.

Para isso, você precisa contar com uma ferramenta especializada, como o IVision Control da FullFace. Apesar de não ser uma ferramenta específica para a gestão de ponto, ele registra a hora em que ocorreu o reconhecimento facial, então a empresa pode implementar o sistema em conjunto com outros softwares para aproveitar os benefícios.

Como foi possível notar, o controle de ponto é essencial para as empresas e o reconhecimento facial é uma ótima maneira de otimizar essa tarefa. Entretanto, para ter sucesso nessa estratégia, você precisa encontrar uma boa parceria para implementar o sistema de biometria com toda a qualidade que o seu negócio precisa.

Então, gostou dessa dica? Se você tem interesse nessa solução para a sua empresa, acesse o nosso site e conheça as soluções da FullFace para o reconhecimento facial!

Deixe o seu comentário abaixoFechar comentários

Deixe uma resposta